Planejando caminhos: reunião discute plano de ação do Território de Aprendizagem Brasil.

Na manhã do último sábado (11/06) o grupo de gerentes dos Territórios de Aprendizagem Brasil estiveram reunidos para dar início a construção do plano de ação para trabalho no segundo semestre do ano.


Em meio a dois fatos importantes - a retomada das ações cotidianas impactadas pela pandemia e a celebração dos festejos juninos no Nordeste brasileiro - os jovens dos territórios de aprendizagem da Bahia, Piauí, Paraíba, Pernambuco e Ceará sinalizaram seus encantos acerca do lugar em que vivem, destacando as potencialidades da cultura e do povo nordestino. Adenildo Mataias, gerente do Território Raízes Nativas (TAPB) destacou que a cultura revelada nos festejos do mês de junho também faz parte das celebrações em torno das colheitas de famílias agricultoras.





No encontro virtual, os gerentes também puderam sinalizar dificuldades enfrentadas por eles em suas rotinas e destacaram a importância de manter-se enquanto uma rede coesa e articulada em favor do gerenciamento de conhecimentos das populações de comunidades tradicionais e famílias agricultoras.


Entre os encaminhamentos desse encontro está a participação de gerentes e talentos em eventos estaduais no mês de junho, a realização de reuniões estaduais e a escolha de uma representação por território de aprendizagem para a conclusão do plano de ação na reunião que acontecerá no dia 9 de julho.


O início dos trabalhos de construção do plano de ação do Território de Aprendizagem Brasil também contou com a participação de Mireya Valencia - representante do PROCASUR - e do especialista em comunicação Claviano Nascimento, que mediou o processo. Mireya reforçou que o papel da dinâmica proposta pelo Território de Aprendizagem configura-se como um modo de fazer e deve apoiar ações que já existem nos territórios a partir da perspectiva da gestão do conhecimento.

12 visualizações0 comentário