Horizontalidade de TA para TA: TAAPE assessora a criação de Território de Aprendizagem no Ceará

Com o surgimento de um novo Território de Aprendizagem no estado do Ceará, para além dos quatros que já existentes - Bahia, Paraíba, Pernambuco e Piauí -, representantes da Corporação PROCASUR, como forma de dinamizar e fortalecer os trabalhos entre os Territórios de Aprendizagem (TA), enxergaram a possibilidade de se trabalhar na perspectiva da horizontalidade, proporcionando, neste contexto, uma abordagem metodológica, onde TA assessora TA.



A partir disso, o Território de Aprendizagem do Agreste de Pernambuco (TAAPE) foi contratado pelo Território do Sertão Central para prestar assessoria no processo de implementação e formação de quatro jovens gerentes. De abril a junho de 2022, aconteceram encontros virtuais e presenciais nos quais foram trabalhadas e discutidas questões relacionadas à identificação do território, gestão de um Território de Aprendizagem, construção de um plano de comunicação, caracterização de talentos, planejamento e execução de intercâmbios.


Para os jovens gerentes do TAAPE esse foi um momento desafiador e de bastante responsabilidade, pois tiveram que colocar em prática o que haviam aprendido nas formações durante a implementação do seu Território entre os anos de 2019 e 2021. Também destacaram a importância e a felicidade de estarem desempenhando tal atividade, uma vez que, compartilhavam suas experiências exitosas ou não, para com os jovens cearenses, à medida que fortaleciam sua empresa do conhecimento.



Segundo, Sabrina Marinho (27), gerente de logística do TA Sertão Central, “nos dias 28 e 29 de maio de 2022 tivemos participando de uma assessoria de forma presencial com o TAAPE para melhor desenvolver a realização do cadastro dos talentos, saber como estava o andamento das nossas atividades com relação ao intercâmbio que aconteceu em 20 e 21 do mês de julho”. A mesma ainda destaca que foram dois gerentes da empresa pernambucana para a cidade de Quixeramobim-CE, colaborar na construção dos processos do território e que foi uma atividade produtiva na qual desenvolveram diversas atividades que contribuíram no aprendizado e na preparação dos gerentes cearenses para a implementação da metodologia do Território de Aprendizagem.


Diante disso, o TAAPE segue otimista, pois para além de prestar serviços através de intercâmbios pretende, a partir de agora, também prestar assessoria para a implementação de novos Territórios de Aprendizagem. Contribuindo, assim, para o desenvolvimento da empresa e fortalecimento da metodologia do TA sendo pioneiro no ramo de compartilhar e empreender o conhecimento.


Texto: Dyovany Otaviano da Siva / TAAPE

Revisão: Kaká Nascimento

Fotografias: Edson Cipriano



46 visualizações0 comentário